12 de abr de 2007

Pormenores


Hoje fui com com turmas do 7º e 8º anos para Lisboa com o intuito de ver a "Flauta Mágica", da parte da tarde.
Mas como é de manhã que se começa o dia...o 7º ano visitou dois monumentos que estão muito na berra em virtude das votações que para ai andam para escolher os "mais bonitos" monumentos portugueses...
Não acho a mínima piada a essas votações. Quem vota? Que conhecimento tem do edifício? Conhece todos para votar de forma mais justa? O que conhece de cada edifício? Será que vota no edifício da terra onde vive ou nasceu? Ou será que ainda não tenho idade e capacidade para entender estas coisas?
Nunca gostei dos títulos que muitas pessoas gostam de dar a edifícios, lugares, comidas, entre outras coisas...como sendo o mais belo, o melhor restaurante, o mais isto ou o mais aquilo. Nestas matérias prefiro relativizar um pouco e nunca absolutizar, se calhar porque tenho o privilégio de ter sido educado desde cedo com através de muitas viagens e sempre aprendi a ver o que há de diferente nos mais variados sítios.

Mas a propósito da visita de hoje...posso dizer que foi muito interessante uma vez que encontrei pormenores que nunca tinha visto nos monumentos que não eram novidade para mim. Ao elaborar um roteiro/guião para que os alunos se orientassem e dessa maneira tomem o gosto em visitar e dar significado ao que têm diante de si, aprendi bastante e fiquei sugestionado para encontrar os tais pormenores.
É com um deles que vos deixo hoje...
Uma mão escondida entre uma folhagem num pilar, entre muitos que o local tem, que é venerada pelos homens do mar, num culto popular de tradição secular e raízes misteriosas...

Ps- onde ficará? alguém já tinha visto este pormenor que achei delicioso?
Posted by Picasa

9 comentários:

meg disse...

Mas tu, Moura, tu vês com os olhos da alma, enquanto a maior parte de nós, olha, mas realmente não vê; vagueia a olhar pela espuma das coisas, sem identificar o mais importante... o pormenor.
Um abraço

elsa nyny disse...

Olá Moura!!!
Que coisinhas lindas podemos ver por aqui!!!

beijinhos!
:)

meg disse...

É que tu vês com os olhos da alma.
A maioria de nós olha mas não vê... andamos pela espuma, pela superfície. Tu vais mais fundo, e encontras as "mãos", os pormenores.
E os nossos jovens precisam de quem os ensine a "procurar" os pormenores. Um abraço amigo

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Nã.... já te disse que vou-te visitando e vou-me "culturando"...
Não faço a mínima ideia!

:(

=^.^=

miguel8c disse...

tenho uma ideia de ke seja!

Farinho disse...

Eu cinceramente não acho muita piada a essas votações, nem ligo quando estão a anunciar na televisão, como conheço muito pouco desses moseus, não participo nessas coisas, mas gosto de ver museus e monomentos.

Até hoje só visitei o museu de arte antiga em Lisboa, museu do brinquedo, castelo de palmela, ruinas de conimbriga (acho que é assim que se chamam), e pouco mais, mas não perdi a esperança de conhecer muito mais, quando o maridão estiver mais disponivel.


Vim também agradecer as palavras de apoio deixadas no meu cantinho.

Beijocas

Cátia disse...

Ola lindo!! O que se aprende por aqui... eu diria que seria em sintra no palacio da pena, mas como falas em Lx, aposto nos Jerónimos! :)

Gostava que nos esclarecesses depois... pode ser?

Queria perguntar-te quando é que temos o prazer da tua companhia no Raizes? :D Sei que a Elsa já te convidou... Surpreendeste-me imenso com os comentarios que fizeste no ticho nos dias da pascoa...!!

Um beijo cheio de carinho

Winter disse...

Se a memória não me engana, é na Igreja do Mosteiro dos Jerónimos.
Há uns anos atrás, em visita a esse monumento, também encontrei essa mão, entre outras decorações curiosas / misteriosas.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Penso que seja nos Jerónimos, qanto mais não seja porque sei que foram visitar esse Mosteiro, ou seja, tive acesso a informação privilegiada.