22 de fev de 2011

Na terra, no ar e no mar...




... podemos ter experiências sensacionais! Destaco a adrenalida de saltar a 4 mil metros e atingir os mil em pouco mais de 22 segundos, deslocando-se o corpo a uma média superior a 200 Km/h... a emoção de acelerar num carro que nunca se nega e parece estar sempre controlado... e a calmia do fundo do mar, onde as cores frias e o barulho das bolhas de ar que saem da garrafa fazem lembrar os documentários do saudoso Jean Jacques Costeau!
No fundo, no fundo... são experiências que recomendo vivamente!

Concretização de um sonho...



Depois de me terem proporcionado "voar" bem alto...optaram por proporcionar-me a possibilidade de "voar" baixinho!! Ter 500 cavalos debaixo do pé e fazer um percurso que estava habituado a ver os grandes da F1 fazerem na pista do Estoril...foi um sonho bem real!

Gracias Principesca !