31 de dez de 2006

Boas entradas...


...no ano 2007!!!
Apesar de um pouco deslocado no tempo os desejos de um Bom Natal...não resisto em colocar a expressão Feliz Natal e próspero Ano Novo, em várias línguas. O meu problema em saber qual a parte que diz respeito ao Feliz Natal, para poder apagar e ficar apenas Próspero Ano Novo, levou-me a colocar a expressão toda. Mas como o Natal é todos os dias, ou pelo menos deveria ser...

Zulo- Sinifesela Ukhisimusi Omuhle Nonyaka Omusha Onempumelelo
Tongan - Kilisimasi Fiefia & Ta'u fo'ou monu ia
Trukeese - Neekirissimas annim oo iyer seefe feyiyeech
Turkish - Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun
Ukrainian - Veseloho Vam Rizdva i Shchastlyvoho Novoho Ru
Urdu - Naya Saal Mubarak Ho
Vietnamese - Chuc Mung Giang Sinh - Chuc Mung Tan Nien
Welsh - Nadolig LLawen a Blwyddyn Newydd Dda
Xhosa - Siniqwenelela Ikrisimesi EmnandI Nonyaka Omts
Russo: Ozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom
Suécia: God Jul och Gott Nytt År
...
Posted by Picasa

30 de dez de 2006

Doces...




...para os meus amigos reais e virtuais, continentais ou dos Açores, uma queijada da Graciosa e uns serranitos da Lousã! Fiquei deliciado ao encontrar no supermercado do "El Corte Inglês" as fabulosas queijadas da Graciosa, que habitualmente acompanhavam o meu café matinal na Terceira, a um preço super convidativo (3 euros meia dúzia) com um sabor do melhor que já provei em queijadas ( e já comi muita variedade...!). Para os mais curiosos www.queijadasdagraciosa.pt .

Os serranitos feitos com sabores da Lousã foram-me oferecidos por amigo real da Lousã, o Nuno "Banjix", que é mestre a tocar banjo e tem um grupo fabuloso http://www.astedixie.blogspot.com/ , para o recheio são usadas castanhas e mel...
Que final de ano doce!!!

Posted by Picasa

28 de dez de 2006

Bota galega...


...que me despertou a atenção na ponta do Cabo Finisterra, onde dizem que a terra acaba, levando-me a tirar duas fotografias com diferentes enquadramentos! Uma como que apontando para o desconhecido, dando a sensação de partida, outra parece que vem de uma escalada dando a sensação de chegada!! É um pouco como o "Arqueólogo-Moura"...que está sempre pronto para sair em busca de locais maravilhosos!!!!
Por falar nisso...na quarta voltei a visitar a Exposição "Diálogo de Vanguardas", onde se pode perceber a genialidade de Amadeo de Souza-Cardoso, e amanhã irei de novo a Lisboa para ver no Museu da Electricidade a exposição dedicada à saga da Guerra das Estrelas. como se diz em americano: "Star Wars"!!
Logo no começo do 2º Período...lá vou com o Secundário ver a exposição (adivinhem??) de um pintor português que esteve por França onde entrou em diálogo com as vanguardas artísticas da época, seguindo-se de tarde uma visita a uma Reunião Plenária na Assembleia da República. Neste último lugar vou ver se os alunos ficam melhor impressionados do que os últimos que lá levei...
A ver vamos...
Posted by Picasa

Rumo certo


...podem agora, de forma simples, escolher os meus amigos virtuais sempre que pretenderem conhecer um dos destinos "experimentados" e sugeridos pelo "Arqueólogo-Moura". Tudo graças a esta versão "Blogger Beta" que já me parece que não é beta, na qual podemos criar "Marcadores" para que se possam agrupar os posts em grupos consoante a temática abordada. Assim, quem gostar de gastronomia e das minhas fotografias a deliciosos petiscos...basta fazer um click no marcador "Gastronomia"...e ser "bombardeado" com uma catrefada de sugestões de nos fazer aparecer água na boca. Quem preferir ver o que percorri na Galiza faz um click no marcador "Galiza"...e assim por diante.
Andava a desejos de uma organização deste tipo e a blogger parece que me deu esta prenda no Natal. Obrigado Blogger!!
Já "marquei" uns 60 posts...faltando cerca de 241 para "marcar"... mas até final de ano deve estar tudo pronto!

Posted by Picasa

27 de dez de 2006

Domus


...ou "Casa del Hombre", fica em La Coruña.

Vale a pena visitar este museu que se gaba de ter sido o primeiro museu interactivo no Mundo que trata de forma global e monográfica o SER HUMANO. A sua sala de exposições permanentes, faz-me lembrar um pouco o espírito da orgânica dos museus "Guggenheim" nos quais estamos sempre em andamento percorrendo uma espiral que nos leva à saída, contém cerca de 200 módulos que nos propõem experiências que nos permitem descobrir aspectos interessantes sobre:
Genética, Evolução, Eu (identidade), Nós (demografia), Bioquímica, Reprodução e desenvolvimento embrionário, Sentidos, Coração e sistema circulatório, Cérebro... e muitos outros aspectos!!!!!
Um espaço que agrada dos 9 aos 99 anos... no qual se fazem aprendizagens significativas porque os autores das experiências somos nós e a nossa "massa cinzenta encefálica que se quer pensante" (expressão que uso muitas vezes nas minhas aulas...).
Está aberto todos os dias, isso mesmo...todos os dias, não muito longe de Portugal! No CAIC de alguns anos a esta parte temos levado os alunos do Secundário (12ºano) até lá...

Posted by Picasa

26 de dez de 2006

Sinal de Deus

Criada por Deus
Plantada por António
tratada por Zaida
fotografada por Nikoyan
postada pelo Moura
comentada por vós!
E recebi mesmo agora do "criador temporal" dela as seguintes palavras:

...é muito bonita, nasce, cresce e morre...
...várias vezes ao ano.
É muito assídua e sempre simpática.
Posted by Picasa

24 de dez de 2006

Como não podia deixar de ser...

… o "Arqueólogo - Moura"… pensou numa receita para aplicar nesta quadra natalícia e de fim de ano!!!!

Tome 12 meses completos.
Limpe-os cuidadosamente de toda a amargura, ódio e inveja.
Corte cada mês em 28, 30, ou 31 pedaços diferentes, mas não cozinhe todos ao mesmo tempo.
Prepare um dia de cada vez com os seguintes ingredientes: - Uma parte de fé- Uma parte de paciência- Uma parte de coragem- Uma parte de trabalho.
Junte a cada dia uma parte de esperança, de felicidade e amabilidade.
Misture bem, com uma parte de oração, uma parte de meditação e uma parte de entrega.
Tempere com uma dose de bom espírito, uma pitada de alegria e um pouco de acção, e uma boa medida de humor.
Coloque tudo num recipiente de amor.
Cozinhe bem, ao fogo de uma alegria radiante.
Guarneça com um sorriso e sirva sem reserva.

Um abraço virtual do Moura a todos os que passam por este meu/nosso espaço blogosférico.
Posted by Picasa

22 de dez de 2006

Prenda virtual...


Ao meu amigo virtual, Albino Cardoso que está do outro lado do Atlântico, cá vai uma garrafa de Kosher Mevushal produzido na Adega Cooperativa da Covilhã com a supervisão da União Ortodoxa, em Portugal, rabino Elishas Salas, e o rabino Sebbah Shlomo da União Ortodoxa, em França. Andava a "namorar" esta garrafa desde algum tempo a esta parte, mas o preço algo "puxadote" ia travando este meu desejo. Foi preciso surgir a ideia de oferecer esta prenda virtual ao meu comentador Al Cardoso para me decidir a comprar e a provar, se Deus quiser logo ao jantar!
Posted by Picasa

Que bela "Rocha"...


...aqui tão perto, na Praia do Pedrogão! Nas férias grandes já me tinham recomendado o restaurante "A Rocha" para degustar bom peixe, leia-se fresco, e ao mesmo tempo contemplar uma bela paisagem. Hoje pude comprovar o belíssimo serviço que esta casa presta provando um delicioso Arroz de Tamboril, que parecia mais tamboril e camarão com arroz, e um Bife à Rocha para a minha filha que não gosta destas "arrozadas". Vale mesmo a pena!!! E as vistas acabam por ser um "ingrediente" que torna a refeição bem mais agradável.
Posted by Picasa

Catedral de Santiago



Na Idade Média, Santiago de Compostela era o terceiro local de peregrinação mais importante depois de Jerusalém e Roma. O actual edifício data dos séculos XI e XII, erguendo-se no local da basílica construída por Afonso II no século IX. É preciso também realçar que as torres gémeas barrocas (com 74 metros de altura!!!) são do século XVIII, assim como toda a fachada ricamente esculpida.
Este templo fascinou-me logo que o vi em 1982, ano em que se realizava o Mundial de futebol aqui em terras de nuestros hermanos e eu com 11 anos por lá andava com os meus pais em mais uma das viagens culturais que faziamos com frequência, voltando-me a fascinar em 1994, agora com um pouco mais de idade e recém-casado. Estes anos passados e com a minha filhota de 11 anos de idade...parece que a História se repetiu!!
Posted by Picasa

20 de dez de 2006

Inflexão ou Dedução ?

Este post aparece num contexto que parece não ser o dele...tirando mesmo o seu autor!!! Não é do "Arqueólogo-Moura" mas sim do "Moura dos Exames"... e saiu hoje no Diário das Beiras mas numa versão mais reduzida dado o espaço de "opinião" disponível.

No passado dia 7, entre as 10 horas e as 10.30, por todo o território nacional os alunos do 12º ano de escolaridade iniciaram a realização do Teste Nacional Intermédio de Matemática. Dada a forte adesão ao projecto dos testes nacionais, no ano lectivo passado, o Ministério da Educação achou por bem repetir a experiência com o objectivo de familiarizar os alunos com a situação de Exame. Aquele exame que tem sido nos últimos anos um verdadeiro quebra-cabeças para os alunos, professores, correctores, encarregados de educação…enfim, todos aqueles que directa ou indirectamente estão envolvidos no processo!
Estando de certa maneira envolvido no processo, desde o início dos Exames Nacionais nos moldes em que os conhecemos hoje, acabo por dar comigo muitas vezes a reflectir sobre esta “tragédia nacional”, que são os catastróficos resultados atingidos ano após ano!
Não é difícil adivinhar os títulos dos jornais e as aberturas dos noticiários radiofónicos e televisivos. Os próprios astrólogos parece-me que nem adiantam nada sobre este tema pois acabavam por se descredibilizar sobre as suas capacidades de profetizarem algo.
E ano após ano a mesma coisa. Parece que os professores não aprendem com os erros e os alunos são sempre na ultra maioria fracos, e conclui a opinião pública que o sistema de ensino está cada vez pior! E a certa altura temos o famoso efeito Pigmaleão a pairar sobre nós e começamos a acreditar nesta falácia. O Ministério da Educação parece fazer como a avestruz, mete a cabeça debaixo da terra e a comunicação social trata do resto arranjando um fácil bode expiatório: alunos e professores. As pessoas começam a não ficar surpreendidas, tal como as notícias de que o preço dos combustíveis vai aumentar e o deficit não se consegue baixar, resignam-se a este triste fado.
E chegamos ao já referido dia 7 deste mês e somos confrontados com um “Teste Nacional” que nada tem a ver com o que tínhamos visto até agora! Um teste que se apresentou com um grau de dificuldade normal, no qual os alunos obtiveram resultados mais consentâneos das suas verdadeiras capacidades. É verdade! As notas foram muito razoáveis para não dizer boas. Por isso não deu notícia! Será?
O que terá acontecido? O Gave percebeu que parte do problema está em querer fazer a triagem dos alunos por meio de exames com um grau complexidade maior? Ou então, devem ter olhado aqui para o lado e constatado que os nuestros hermanos aplicando exames “normais” acabam por colocar os alunos num plano de igualdade muito maior. Qualquer dia estamos a fazer os Exames Nacionais apenas numa semana e apenas com uma fase única como eles, o que colocaria ainda mais em plano de igualdade os nossos alunos. Seria ouro sobre azul, ou alguém acredita que é possível fazer dois exames, para duas fases, perfeitamente iguais? Em muitos casos a discrepância é assustadora levando-nos a ter a sensação de que determinado aluno foi penalizado por ter optado por uma das fases. Por outro lado, as duas fases, levam alguns alunos a irem na “desportiva” ver como é o exame da primeira fase já que desde há muito planificaram os seus estudos para o realizar apenas na segunda fase. E lá aparece a publicação dos rankings com a prestação dos alunos na primeira fase!!! Que prestação? A dos que estudaram a sério ou a dos que foram ver como paravam as modas? E a comunicação social nem se apercebe, a opinião pública por ela formada também não e provavelmente o Ministério também alinha nesta deturpação na análise dos resultados.
Estaremos perante uma indução ou uma inflexão? Sendo mais preciso, este Teste Nacional de Matemática será fruto de uma mudança no GAVE após terem percebido que elaborar relatórios de avaliação sobre os serviços prestados e os resultados da tal ultra maioria parecidos não leva à melhoria dos mesmos, ou não passará de um sonho que acabará por induzir os alunos em erro até ao dia do Exame Final de Matemática?
A ver vamos…pelo menos até 15 de Março, altura em que se realiza o 2º Teste Nacional Intermédio de Matemática.

Posted by Picasa

Curiosidades...


Neste meu fim de semana pela Galiza encontrei uma rua que me fez lembrar um amigo! Para os que me visitam e comentam os meus posts...já perceberam que me refiro ao autor do Histórias e Sabores.
Por ele me foi sugerido petiscar uma belas "tapas" nesta rua mas dada a hora a que por lá passei ficou esse desejo para uma próxima visita a Santiago de Compostela!
Posted by Picasa

18 de dez de 2006

Recital de Natal


No dia 15 de Dezembro de 2006, pelas 21.30 horas, teve ligar na Igreja Paroquial de Cernache o Recital de Natal do CAIC, organizado pelo meu colega Francisco Rodrigues.
Num primeiro momento tivémos o prazer de ouvir o "Grupo Coral Caetanense", dirigido pelo maestro e colega Rui Pedro Cruz, seguindo-se a Orquestra Juvenil do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital, regida pelo colega Rui Luís Pinto.
Estes dois belos exemplos de como se deve cantar e tocar fizeram esquecer ao público a temperatura que se fazia sentir na gélida Igreja de Cernache!!
Este recital acabou por ser um momento diferente e de grande qualidade que se ofereceu à Comunidade Educativa do CAIC. Posted by Picasa

16 de dez de 2006

Natal das Turmas...






Como já é habitual, no último dia de aulas do 1º Período, o CAIC está em festa com o Natal das Turmas.
Este ano com a coordenação da colega Ana Paula o "programa das festas" apontava logo para as 9 horas um espectáculo, no Salão de Festas, preparado pelos alunos do 11º A. Uma representação teatral e música foram os ingredientes escolhidos para animar todos os alunos do CAIC até perto das 10 horas. É de salientar que para entrar cada aluno levava um bilhete recheado do verdadeiro simbolismo desta quadra... um produto alimentar para ajudar a "Operação Pirâmide". Esta iniciativa visa recolher alimentos que são distribuídos em forma de "cabaz de Natal" pelas famílias mais carenciadas dos nossos alunos. O assistente social e a estagiária Sónia tiveram nesta matéria um precioso contributo, quer na sensibilização das turmas, quer na recolha e distribuição dos inúmeros produtos (cerca de uma tonelada!!!!!) que foram trazidos pelos alunos de todos os anos lectivos!! Um sucesso!!
Depois das 10.30...sala de aula com o Director de Turma para as habituais trocas de prendas e esperar pelo "Pai Natal Carteiro" que trazia muitas centenas de cartas que os alunos colocaram num marco de correio natalício, colocado no hall do colégio, endereçadas aos colegas e professores de todo o colégio.Este Pai Natal parecia um verdadeiro português na medida que se fazia acompanhar de uma grande comitiva... cerca de 30 alunos a tocar cavaquinho e guitarra, com temas natalícios, orientados pelo colega de música, Rui Pinto, um júri para avaliar a decoração das salas...E sala a sala lá ia entrando a comitiva, cantando e saindo...desejando um Feliz Natal e um Bom Ano Novo a TODOS.

De manhã, assim foi... de noite, darei conta noutro post... Posted by Picasa

14 de dez de 2006

Queimada Galega

Comprei na Galiza todos os apetrechos para fazer uma Queimada Galega: um recipiente em barro e aguardente galega...em casa acrescentei o açucar e uns grãos de café. Tudo misturado nas devidas proporções, fósforo e zás...toca a arder e a ler a "Conxura" que tem como intenção libertar-nos do demónio e dos seus amigos!!! Quando a chama acaba serve-se nuns simpáticos copos de barro.
Parece que está ligado a rituais célticos o que é demonstrado pelo uso na sua confecção de três elementos básicos nos seus rituais, a terra (origem e destino do homem e que se apresenta na forma do barro), a água(que acaba por nascer da terra em forma de bagas de uvas que produzem a aguardente) e o lume (que dança livre no barro preso à aguardente para nos purificar).
Sem a Conxura não temos o efeito desejado da queimada!! Por isso deixo-vos as palavras que temos de dizer ao mesmo tempo que as chamas nos aquecem o ambiente.

Mouchos, curuxas, sapos e bruxas. Demos, trasnos e diaños, espíritos das nevoadas veigas. Corvos, píntegas e meigas, feitizos das menciñeiras. Podres cañotas furadas, fogar dos vermes e alimañas. Lume das santas compañas. Mal de ollo, negros meigallos, cheiro dos mortos, tronos e raios.Ouveo do can, pregón da morte; fouciño do sátiro e pé do coello. Pecadora lingua da muller casada cun home vello. Averno de satán e belcebú. Lume dos cadáveres ardentes, corpos mutilados dos indecentes, peidos dos infernais cus, muxido da mar embravecida. Barriga inútil da muller solteira, falar dos gatos que andan á xaneira, guedella porca da cabra mal parida.Con este fol, levantarei as chamas deste lume que asemella ó do inferno e fuxirán as meigas a cabalo dos seus varredoiros, índose bañar na praia das areas gordas.¡Oíde, oíde! Os ruxidos que dan as que non poden deixar de queimarse no augardente quedando así purificadas. E cando esta beberaxe baixe polas nosas gorxas, quedaremos libres dos males da nosa alma e de todo embruxamento. Forzas do ar, terra, mar e lume, a vós fago esta chamada: Si é verdade que tedes máis poder que a humana xente, aquí e agora, facede que os espíritos dos amigos que están fora, participen con nós desta queimada. Posted by Picasa

13 de dez de 2006

Arte de construir...



Mesmo junto ao Gran Hotel Santiago encontrei uma urbanização que me fez pensar na importância de se ter um bom arquitecto para se fazer uma urbanização arrojada e agradável.
Lembrei-me logo dos meus alunos do 12º ano que umas semanas antes tinham abordado nas aulas a arquitectura inovadora que surge após a Primeira Grande Guerra que vai tentar responder aos desejos de construir forma simples e digna, onde o bem-estar seria uma exigência para poder atingir a felicidade. Esta Revolução Arquitectónica é preparada por Walter Gropius, que estará na origem da famosa escola de artes, a Bauhaus, tendo em França atingido níveis de elaboração impressionantes com Charles Edouard Jeanneret, mais conhecido por Le Corbusier.
Estes prédios de Santigao de Compostela demonstram que o seu arquitecto é um fã incondicional de Corbusier já que nos apresenta formas simples, onde linhas rectas delimitam volumes básicos, sólidos geométricos regulares, ausência de elementos decorativos que encubram a estrutura do edifício, grandes janelas, que inundam de ar e luz o interior, coberturas planas...e a elevação do edifício sobre pilares recuados em relação à fachada, dando a sensação que estamos perante uma casa suspensa! Fiquei mesmo impressionado como pilares aparentemente tão frágeis seguram um prédio com dimensões consideráveis. Dá a sensação que se brinca com as leis da gravidade! Posted by Picasa

10 de dez de 2006

Acabei por não resistir...



...e colocar num só post, o meu singelo almoço de sábado, o tal dia em que o se comemorava "algo", num restaurante na simpáctica povoação de Corcubión, que teve uns mexilhões e ameijoas de entrada... depois uma caldeirada de polvo. Engraçado que os sabores da caldeirada em nada se assemelham à nossa tradicional caldeirada.
A todos os que não se esqueceram do meu aniversário...dedico estas fotografias! Em muitos deles pensava enquanto me deliciava com estas pequenas maravilhas! Posted by Picasa

Corcubión



Simpática povoação que fica a caminho do Cabo Finisterra e que de certa forma é espelho da forma pacata como se vive por estes lados. Não encontramos cidades, apenas pequenas aldeias piscatórias onde a actividade está intimamente ligada ao rio e ao mar de onde vem o ganha pão das populações. Já tinha lido umas coisas sobre a gastronomia e os melhores locais para petiscar marisco, mais precisamente nestas pequenas terras onde acabamos por ser muito bem atendidos e servidos de marisco e peixe a saber mesmo a "fresco". Posted by Picasa

9 de dez de 2006

Torre de Hércules

Depois de um almoço,em Corcubión, com mexihões e ameijoas acabadas de apanhar nos inúmeros braços das rias...e uma caldeirada de polvo (iguarias que merecerão um post...brevemente) rumámos para a Corunha. Visitámos o grandioso farol Torre de Hércules, o mais antigo da Europa em funcionamento. Foi construído pelos romanos e reconstruído no século XVIII! Tem 242 degraus..que valeram a pena subir!! O prémio foi uma vista sobre a cidade de se lhe tirar o chapéu!! Posted by Picasa

"Onde a Terra acaba"


Hoje destinei a manhã para percorrer parte da Costa da Morte...até ao Cabo Finisterra! Deu para perceber o motivo que levou a designar esta costa uma vez que o mar parece mesmo irritado com as rochas que lhe aparecem pela frente, quer nas arribas, quer perto da costa no meio do "nada". Muitos foram os barcos naufragaram em tempestades e contra as rochas!! Posted by Picasa