28 de out de 2006

Cabo Carvoeiro


Quando vou a Peniche nunca perco a oportunidade de contemplar a natureza, na ponta do Cabo Carvoeiro. Com bom tempo vê-se o arquipélago das Berlengas e se estivermos no fim do dia podemos observar o Sol a desaparecer na linha do horizonte... se estivermos com fome...temos um restaurante embutido na falésia que nos faz crer que estamos a comer num navio!! Em tempos comi lá uma interessante caldeirada.

 Posted by Picasa

27 de out de 2006

Regalar a vista


A primeira vez que fui o Dom Fininho, em Cantanhede, fiquei com uma sensação muito estranha...já que tive de dizer ao empregado de mesa para me tirar o marisco da frente porque já não conseguia comer mais!!! Este festival de marisco constitui uma espécie de rodízio à brasileira mas na versão marisco, ou seja colocam-nos uma singela travessa, como a que mostro na fotografia, onde vão recolocando o marisco à medida que vamos comendo... e tudo por uns modestos 15 euros por pessoa!! É mesmo à descrição sem estar a pensar nos elevados custos na versão ao kilo (que normalmente acaba por ser à grama!).

Aproveito para referir que até dia 5 de Novembro decorre 26º Festival Nacional de Gastronomia, em Santarém.
 Posted by Picasa

25 de out de 2006

Que regalo...



...a vista da Torre da Regaleira! A vista alcança o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena que parecem integrados na magnifica e luxuriante vegetação! Posted by Picasa

23 de out de 2006

Rumo certo

Nestes três dias em Braga foi possível verificar que, sem dúvida alguma, a Companhia de Jesus desde o século XVI esteve sempre bem consciente do papel que o ensino tinha na construção de um Mundo melhor. Esta maneira de encarar a educação como uma forma de intervenção no Mundo, coloca o aluno numa posição central no processo ensino-aprendizagem.
É curioso verificar a actualidade das premissas que Inácio de Loyola lança na Ratio Studiorum e que moldam a filosofia de ensinar nos colégios da Companhia de Jesus espalhados pelos quatro cantos do mundo, mesmo em locais onde a hostilidade à religião católica era grande. Os jesuítas cedo perceberam que só pela inculturação é que conseguiam levar a sua mensagem, centrada na pessoa de Jesus Cristo, a povos com valores e atitudes bem diferentes da cultura ocidental.
Gostei também de verificar o papel de relevo que era dado ao Teatro nos Colégios da Companhia e nas missões junto dos nativos. Era muito utilizado na comemoração dos eventos especiais do Colégio, o que acabava por representar um meio privilegiado para envolver os alunos, professores e pais. Deste modo, criavam-se sentimentos de pertença a um grupo a que hoje chamamos comunidade educativa. Ao mesmo tempo treinava a eloquência e exercitava a memória. E no fim, dada a temática abordada nas representações, acabava-se por estar a formar o aluno de forma integral.

Olhar para o PASSADO, para repensar o PRESENTE e perspectivar um FUTURO melhor na EDUCAÇÃO...acabou por ser o repto que foi lançado em Braga pela audaciosa Companhia de Jesus.
Os jesuítas acabam por ser um FAROL neste mar conturbado que é a educação nos dias de hoje.
 Posted by Picasa

22 de out de 2006

Papas de Sarrabulho...


... à moda de Braga, a acompanhar rojões, tripa enfarinhada, figado e outras coisas deliciosas!!
As Papas de Sarrabulho de Braga são uma especialidade, e serviu-nos de segundo prato no já referido Manjar dos Deuses.
Pode ver-se como se confecciona as ditas papas em http://www.gastronomias.com/receitas/rec0107.htm .
Ficámos clientes do Restaurante Cruzeiro, em Santa Maria de Bouro. Pena não ficar aqui ao virar da esquina!
 Posted by Picasa

Bacalhau à Braga...


Com tanto alimento para o espírito ao longo das 17 conferências assistidas... o físico reclamou!! E lá foi um simpático grupo de professores em busca de uma iguaria que desse a fortaleza necessária para aguentar altos níveis de concentração! Decidimos ir a um determinado local...mas forças "sobrenaturais" fizeram-nos encontrar um outro destino! E agora é possível afirmar, "Graças a Deus" que batemos com o nariz na porta do Restaurande Abadia!
Ficámos regalados com o Restaurante CRUZEIRO, de Maria Isabel Pereira e Adriano Manuel Feixa, em Bouro, perto de Amares.
Começámos o jantar com um prato de Bacalhau... à moda de Braga! Foi simplesmente soberbo, não tem descrição, em posta alta, lascante, uma maravilha! E comeu-se com veneração...
Posted by Picasa

20 de out de 2006

Da cidade dos arcebispos...


Caros Amigos,
nos últimos tempos assistiu-se neste meu / nosso espaço um degladiar de posições extremas (e por vezes extremistas), cujo nível, ou a falta dele, me levou a activar a moderação de comentários.
Os meus AMIGOS não julguem que de ora em diante apenas possuem a liberdade de pensar o que eu acho bem. NÃO é essa a intenção desta triagem temporária de comentários. Pelo contrário!! Esta triagem é garantia de liberdade de pensar, de exprimir o pensamento que, aliás, sempre caracterizou este espaço.
No entanto, no melhor pano caiu a nódoa e permitir que a nódoa se sobreponha ao melhor do pano seria confundir a árvore com a floresta, o que não é a atitude sábia. Por mais alta que a árvore se apresente, ou julgue ser!
Vou continuar a minha formação, aqui por Braga, tentando saciar o meu desejo de atingir o «magis» tão característico na Pedagogia Inaciana. Convidar 36 conferencistas a partilhar com educadores as suas sábias investigações sobre Pedagogia, é OBRA!!

17 de out de 2006

LUZ

Pelo motivo de trabalhar numa escola que em muito priviligia a formação dos seus professores, vou estar por Braga até dia 21, no Congresso Internacional de Pedagogia - "Repensar a Escola Hoje: o contributo dos Jesuítas".
Certamente que oradores como o Prof. Dr. Manuel Braga da Cruz, Pedro Miguel Lamet, Rogelio Mateo, Fausto Sanches MArtins, António Gomes Ferreira, Fernando Lasala...entre muito e muitos outros... nos vão dar alguma LUZ sobre esta difícil tarefa que levamos a cabo que é ensinar e preparar os alunos para uma cidadania responsável.
Para os mais curiosos: http://congressopedagogia.googlepages.com

Até Domingo...
Posted by Picasa

Imaculada Conceição

...Padroeira de Portugal e do CAIC!
Todos os anos realiza-se uma eucaristia em homenagem àquela que D. João IV decidiu "premiar" com a coroa da realeza deste "jardim à beira mar plantado". Pretendeu deste modo marcar a Restauração da Independência de nuestros hermanos.
Apesar de todas as semanas se realizar uma eucaristia, organizada por uma turma, esta acaba por ser especial...e para mim o foi ainda mais especial, em 2000, quando a 8 de Dezembro a caminho do CAIC, para realizar uma saída com o Clube de Arqueologia, tive um acidente aparatoso na auto-estrada!! O carro ficou muito mal tratado e eu nem um arranhão tive(o que acabou por dar algum jeito pois no dia seguinte tinha a minha habitual festa de aniversário...)!! Se já tinha em muita estima a Imaculada Conceição passei a tê-la em muito maior consideração!
Posted by Picasa

O Torreão e a Casa das Palmeiras


O Torreão acaba por ser um dos ex-libris do CAIC pois vê-se bem da estrada e todas as entradas no recinto se fazem por lá. É fruto da paixão romântica dos Condes da Esperança que nesta construção apostaram num revivalismo medieval, mais concretamente da época gótica. Este romantismo está presente na criação de uma gruta e das estátuas guardiãs que nos fazem relembrar a época do Egipto Antigo!
No piso inferior do Torreão está o porteiro e no piso superior encontram-se as instalações da Associação dos Antigos Alunos do CAIC e que acabam por estar ligados à casa que os "formou" ao participarem em inúmeras actividades desenvolvidas ao longo do ano lectivo.
A Casa das Palmeiras que no meu tempo de aluno era um edifício praticamente em ruínas...está hoje recuperada e serve de "hotel" aos grupos de alunos que nos visitam, quer devido aos torneios desportivos, quer nos intercâmbios que fazemos com outras escolas (são frequentes grupos de colégios da Companhia de Jesus da nossa vizinha Espanha).
 Posted by Picasa

A ilha


 Posted by Picasa

A gruta



 Posted by Picasa

16 de out de 2006

CAIC


Em Dezembro de 1954 é lançada a primeira pedra do edifício do Colégio, e em Outubro do ano seguinte é inaugurado o Colégio Apostólico da Imaculada Conceição (CAIC), como escola vocacionada para a formação dos candidatos ao sacerdócio da Companhia de Jesus. A partir de 1975 define-se como um colégio ao serviço da região e assim vai crescendo.
Está situado em Cernache, uma pequena localidade de cerca 4000 habitantes, a 4 Km de Condeixa e a 6 Km de Coimbra, sede de Concelho.
 Posted by Picasa

No princípio...



Criado como instituição da Companhia de Jesus, o Colégio da Imaculada Conceição tem uma história, cujos contornos e circunstâncias acabaram por lhe definir um perfil particular e único.
A 7 de Junho de 1943 a Companhia de Jesus adquire a Quinta dos Condes da Esperança onde está situado o Colégio, entrando em funcionamento, na actual Casa de Retiros, a residência dos Jesuítas.
Posted by Picasa

O Meu Colégio




Tem um portão
E um lago ao fundo
Uma ilha e um bosque para sonhar

Tem mil histórias
E uma vida inteira
Um futuro que vais poder conquistar

Vem, ao teu mundo
Construir, inventar, dar de ti

Vem, vem connosco, a sorrir a brincar
É bom estar aqui. (A cantar assim)

Um Torreão, palmeiras ao vento
Uma estátua
Tanto sítio para brincar

Tem muita gente, companheiros certos
Como um livro
Para te ajudar a estudar

Refrão: Pequeno mundo para nós
Canção, mistério que vais desvendar
Poema escrito para ti
Sorriso aberto em cada manhã

Tem a magia de fazer em ti
Homem novo
Alegria de crescer

Tem a vontade
De te dar um dia
A saudade e o desejo de voltar

Vem, ao teu mundo
Construir, inventar, dar de ti

Vem, vem connosco. A sorrir e a brincar
A cantar assim

Refrão

Tem para ti
Um coração livre
Tanta coisa que vais poder aprender

Tem para ti
No alto uma estrela
Que te guia e te ajuda a crescer

Vem ao teu mundo
Construir, inventar, dar de ti

Vem, vem connosco, a sorrir a brincar
A cantar assim

Refrão
Posted by Picasa

15 de out de 2006

Merecidas...


...iguarias para quem tem acompanhado os meus escritos sobre a Quinta da Regaleira, em Sintra! Faço agora um intervalo sobre esta magnífica terra. Podem, no entanto, saciar a vossa sede de Sintra no blog do meu amigo Tózé http://historiasesabores.blogspot.com/ .
Nas fotografias temos um "famoso" Travesseiro de Sintra e uma Queijada de Sintra... opto pelos dois, mas tendo que rejeitar um...salta fora a queijada!
 Posted by Picasa

Ética com estética...

Num post anterior falei da importância de visitar esta exposição temporária que esteve no Museu Nacional de Arte Antiga até 15 de Outubro, após um "prolongamento" de cerca de um mês para que mais pessoas a pudessem visitar e dar a possibilidade de algumas escolas aproveitarem esta oportunidade única de mostrar aos alunos um percurso de História de cinco séculos através da Arte!
Na altura lançava o repto de a poder visitar com os meus alunos do 12º ano...e depois de apresentado à Direcção da minha escola, foi-me dada luz verde para avançar! No dia 4 de Outubro lá fui... com o 12ºano e alguns "arqueólogos" do meu Clube!!

Mas o que faz escrever agora é o GRANDE SENHOR RAU, homem notável e exemplo a seguir!
Herdeiro de um império industrial, trocou-o pela medicina e pela acção humanitária em África! Construiu um hospital no Congo e gastou muito dos seus milhões em tratamentos e alimentos para que milhares de pobres tivessem dias melhores. E foi a estes que deixou o seu imenso património artístico que foi comprado discretamente ao longo de trinta anos. Ao morrer em 2002, este espólio é doado à UNICEF que fará girar a exposição, durante 25 anos, pelos grandes museus do mundo. Findo esse tempo serão vendidos em leilão...e podemos imaginar a enorme quantidade de milhões que irão ser facturados, em prol dos mais necessitados.
Parece que o Senhor RAU era um homem alegre. Ao fazer tamanha acção de caridade e ajuda ao próximo só o podia ser.
Ao ver a imagem que serviu de rosto ao cartaz da exposição quase que se pode depreender essa serenidade e alegria de viver que transborda daquele sorriso optimista!

Quem a visitou ficou marcado! E daqui a uns 20 anos quando for notícia nos meios de comunicação que as obras do Senhor Rau foram vendidas e vários milhões renderam para os mais desfavorecidos...eu, os 18 alunos que levei, a Dona Redonda que me deu o click para eu ir, e todos aqueles a quem eu dei o mesmo click... vamos relembrar o quão importante foi para nós termos visitado tão importante colecção!


 Posted by Picasa

14 de out de 2006

O Lago e a Gruta do Labirinto




O espaço envolvente ao Lago com que nos deparamos logo no início do percurso faz-nos pensar que estamos no "glorioso Éden", como dizia Lord Byron, ou então no "mais abençoado lugar de todo o globo habitável", nas palavras de William Beckford!
E com a possibilidade de ficarmos a cntemplar este "vasto templo da Natureza", no entender de Robert Southley, bem acomodados em interessantes bancos de jardim.
Com um dia soalheiro a Quinta da Regaleira é uma proposta tentadora, quer com visita guiada que fica pelos 10 euros..., quer com visita auto-guiada, por 4 euros com a possibilidade de andarmos livremente por todo o espaço sem limites de tempo. Nesta última sugestão recomendo uma boa lanterna para poderem explorar alguns túneis, grutas...
 Posted by Picasa