13 de jan de 2007

Na hora da despedida...


...parece ter ainda mais encanto esta exposição fantástica que de alguma maneira acabou por ser uma bela homenagem a Amadeo de Souza Cardoso. Todos os que nela trabalharam estão de parabéns e podem orgulhar-se de ter entrado, de certa maneira, para a História com o extremo profissionalismo que empregaram neste "Diálogo de vanguardas" que esteve dirante estes meses de Novembro a Janeiro de portas abertas até às 22 horas todos os dias... e neste último fim de semana vai estar sempre aberto, ou seja um "non-stop" pioneiro nos museus portugueses!

Na quarta feira não foi só ao plenário da Assembleia da República que assisti pela terceira vez...foi também à Exposição "Diálogo de Vanguardas"! E parece que o ditado português que apregoa, que à terceira é que é de vez, aplicou-se nesta minha visita. De facto a QUALIDADE da guia com que fomos brindados acabou gerar em mim o desejo de escrever um post sobre esta experiência, que nos meus 12 anos de professor e organizador de visitas de estudo (os que seguem este blog já perceberam que em número avultado...), ÚNICA!!
Foram 90 minutos a VER obras de um dos pintores mais geniais do século XX e a SENTIR de uma maneira muito sui generis o Modernismo vivido nas almas e corações dos artistas da primeira metade do século XX. Se a parte do VER está ao alcançe de todos os que por lá passaram, a parte do SENTIR apenas está reservado aos priviligiados que tiveram a "sorte" de ter uma tal guia de seu nome Carla, que eu me atreveria de colocar o cognome de "a futurista", ou "a modernista". Nada de discursos preparados de forma rigida, que muitas vezes nos faz pensar que o guia engoliu uma cassete (nos dias de hoje, talvez um CD...), mas um discurso com bases cientificas muito sólidas e que ia sendo construído com base na interacção com o grupo. Parecia que estávamos perante um artista modernista que nos fazia ver as suas obras de arte, justificando a razão de ser da utilização das formas, cores e linhas conjugadas de maneira muito pessoal.
Se a Exposição foi um "Diálogo de vanguardas", com a guia estabeleceu-se um Diálogo de sentimentos e sensações tão necessário para descodificar a Arte Moderna.

Obrigado Carla

Posted by Picasa

13 comentários:

Tozé Franco disse...

E eu a vê-los passar...
Um abraço.

manuel neves disse...

Viva!

O meu "fruto" diz que gostou... muito.
Eu também teria gostado!

Um Abraço

Jofre Alves disse...

Passei para desejar óptimo fim-de-semana e apreciar esta interessante página, onde impera a qualidade e bom gosto.

farinho disse...

É sempre bom sabermos estas coisas, mas não tenho tempo para visitar essas coisas, com muita pena minha, vou sabendo e vendo através de voces.

Beijocas

profundamente disse...

Pois é tantas coisas para ver e apreciar e eu sem tempo para nada, é só trabalho e mais trabalho...


Um abraço

miguelborges disse...

ola stor era so para dizer que criei um novo blog miguel664.blogspot.com

foreveryoung disse...

Agora até fiquei com pena de não ter ido ver...
Bjs

Nuno disse...

Devido ao entusiasmo demonstrado por ti nesta exposição, sempre que ouço falar de Amadeo de Souza Cardoso, lembro-me de ti!!!

Hoje ouvi nas notícias que as pessoas estão a esperar, em média, três horas (!) para ver a exposição, com picos de 5 horas, tendo a exposição estado aberta durante a noite toda, devido à enorme afluência!!! Não sei porque é que não alargam a duração da exposição. Penso que a afluência de público o justificaria, o que me leva a crer que ela é, de facto, fantástica. Isso faz-me sentir triste por não ter ido ver.

Pirate disse...

Ora bolas !!
Lá perdi eu o Amadeu...
O interesse do público demonstra bem a grande valia da exposição.
As entidades institucionais que tutelam a Cultura em Portugal, devem olhar para este excelente exemplo e desenvolver mais e melhores iniciativas no género.

lurainbow disse...

É bom viajar, aprender e conhecer através de ti...ja que a vida por x não nos proporciona momentos tão simples e ao mesmo tempo verdadeiros e cheios de cor como tu fazes tão sabiamente no teu blog
um bj

al cardoso disse...

Que inveja lhe tenho, por nao ter podido ter o prazer de visitar essa exposicao!!!

Um abraco serrano.

Carla Mendes disse...

Daqui fala a Carla " modernista" ou "futurista" como me chamou. Não tenho sequer palavras para expressar o quanto fico grata pelas palavras intensas quanto à visita. O mais importante é de facto poder dar às pessoas um pouco daquilo que sinto e se isso tocar alguém eu tenho o trabalho pago... e a certeza de que é o caminho... obrigada do fundo do coração embora a quem se deva agradecer é ao Amadeo e ao público. Eu sou só a mensageira...

Catia disse...

Foi das exposições mais fantasticas que já vi...