18 de jan de 2007

Felicidade é...


... o sentimento vivido por mim ontem de tarde ao levantar os resultados de análises feitas ao sangue e ouvir os comentários da minha médica sobre os valores apresentados!
O sentimento ainda maior se torna quando existe o receio de algo poder não estar bem, não pelo facto de me sentir mal fisicamente, mas sim pelo motivo de alguns dos meus amigos mais chegados terem feito análises recentemente e apresentarem valores elevados de colestrol, ácido úrico e outras coisas mais...
Como sempre me disseram "diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és" dei por mim a pedir umas análises na segunda-feira...não fosse a expressão estar certa de todo. Terça tiram-me uma "seringada" daquele líquido vermelho que nos percorre o corpo todo desde o coração até ao...coração.

Curiosamente só me fizeram esta operação três vezes, tendo eu desmaiado da primeira (ainda era muito novo...). Esta terceira vez assemelhou-se à segunda e nada custou (afinal até acabamos por crescer ao longo desta vida...). Rápido a sair e com boa cor o dito liquido. Os níveis de ansiedade que tinham iniciado uma cavalgada na segunda-feira...aumentaram num crescendo até ao final do dia de ontem...
E os resultados não podiam ser mais simpáticos... colestrol na casa dos 170, os famosos açucares perto ao valor mínimo, ácido úrico igualmente...e por aí em diante. Ainda a salientar que no jantar de segunda comi um belo bife na frigideira...e uma boa dose de pudim!!!
Apesar de pecador confesso, da pecaminosa gula, acabo por sentir um grande alivio na minha alma.
Por isso, recomendo a todos os meus amigos reais e virtuais que experimentem uma Posta à Mirandesa, "la puosta" (em mirandês), que tem um sabor único derivado da espécie autóctone de vacas da região de Miranda do Douro. Desta iguaria temos registos que datam do longínquo século XVIII dando conta que era comida de tabernas, feiras e festas populares. Na região houve sempre pontos de referência para um manjar de posta, como são os casos da Feira dos Gorases (Mogadouro) e da Feira dos Burros (Sendim), bem como locais de culto e romarias realizadas nos santuários do Naso e da Senhora da Luz, ambos no concelho de Miranda do Douro. Como pode ser complicado uma deslocação a esta região...dou a indicação de um lugar de mais fácil acesso: Ponte de Lima. "Local de culto": Restaurante Fonte da Vila.
Para sobremesa recomendo o abençoado Pudim Abade Priscos cuja ingestão julgo não entrar no pecado da gula dado a origem do nome. A minha atracção por este pudim deve vir do facto de ter escolhido como tema do meu trabalho final de curso "A vida monástica"...o que associado a 15 gemas de ovos, 650 gr de açucar, vinho do porto...etc... acaba por ser uma divinal tentação! Quem necessita ultrapassar alguma amargura na vida terrestre ten aqui um bom remédio!!
Para os mais aventureiros:
http://www.gastronomias.com/doces/doce0029.htm - o delicioso Pudim Abade Priscos...
http://users.prof2000.pt/users/aag/2002af11/planalto/posta.htm - "...la puosta será sempre la puosta..."

Posted by Picasa

6 comentários:

Tozé Franco disse...

Já não me lembrava bem do aspecto da coisa, mas vejo que continua apetitosa.
Um abraço.

Joaquim Baptista disse...

É só a meter inveja a quem está longe

al cardoso disse...

O meu amigo nao tem piedade deste pobre emigrante! Sempre a apresentar esses pratos e sobremesas tao vividamente retratados.

Ca fico a chupar no dedo!

João disse...

Caro amigo Moura, folgo em vê-lo de tão boa saúde!
Primeiramente, porque isso dá garantias ao fiel auditório do seu Blog, no qual me incluo, de continuar a viajar na senda da gulodice dos pecados. Custar-me-ia muito passar a ver, neste espaço, posts sobre o Zarator ou a Sitagliptina…
Em seguida, porque fica assim provado que comer bem e bem comer, dá saúde e faz crescer.
Um abraço.

Anônimo disse...

VAMOS LÁ A VER SE DESTA PUBLICAS: FOLGO EM SABER QUE ESTÁS DE BOA SAÚDE. JÁ AGORA, ASSISTISTE ONTEM AO PROGRAMA "GRANDES PORTUGUESES"? POIS É, AQUI O TEU AMIGO DEMOCRATA E SOCIALISTA FOI O PRIMEIRO TELESPECTADOR A ENTRAR EM DIRECTO... A MARIA ELISA FICOU BABADA DE VAIDADE DEPOIS DO CHORRILHO DE ELOGIOS QUE LHE FIZ NO INTRÓITO DA MINHA "PALESTRA" QUE DUROU ALGUNS MINUTOS...

sérgio disse...

não sei como ficou anónimo. um abraço...