10 de set de 2006

Verdelho

Falar de Biscoitos é falar de verdelho, para quem domina o mundo dos vinhos sabe que é uma casta, para quem não domina fica a saber que é um determinado tipo de uva!
Na prática... dá um bom vinho!
Interessante ver o aproveitamento que foi feito do terreno fértil oculto pela lava, a construção de quilómetros e quilómetros de muros de pedra solta para proteger as videiras dos ventos marítimos e ao mesmo tempo aquecer os cachos, já que a pedra basáltica ajuda a reter o calor. Estes "quadrados" são denominados de "curraletas".
Podemos visitar um museu particular, instalado numa adega onde se produz o consagrado "verdelho", provar e comprar uns belos exemplares do afamado "néctar"!
 Posted by Picasa

4 comentários:

manuel maria disse...

Já provei... ;)
Só não digo que é o melhor néctar, porque ando constantemente em busca do "Santo Graal" deles, sejam brancos ou tintos.

Nuno disse...

A paisagem criada por estas construções deve ficar bastante interessante. Eu não sou um bom apreciador de vinhos, mas se tu dizes que ele é bom eu vou acreditar em ti.

Um abraço,
Nuno.

Tozé Franco disse...

Verdelho com pastelaria da Terceira é uma combinação digna dos deuses. Ai que saudades...

Anônimo disse...

O Verdelho dos Biscoitos (mesa ou generoso)é realmente particular, assim como os amigos do vinho(enófilos).Visite os Biscoitos arqueólogo-Moura, cá o esperamos.
Continuação de bom trabalho.