31 de ago de 2006

Regras de ouro...

Tudo começa quando chegam as 4 gaiolas recheadas com os 4 touros para a tourada! Os sete "pastores" aprontam as camisolas brancas tradicionais e ajeitam o chapéu "mazantino" na cabeça. Outros tratam de embolarem o touro e amarram a corda ao pescoço do animal.
Ffsssssssssssss...PUUUUUUUUUMMMMMMMMMM...é largado um foguete!
É sinal que o touro está na rua!
Regras de ouro: nos extremos do local existem dois traços brancos pintados no chão, são os limites da tourada, e quando se ouve o foguete da largada do touro devemo-nos recolher em locais seguros (casas ou muros), deixando o arraial para os "toureiros" ou "capinhas" mais experientes nestas lides. É um espectáculo perigoso! O touro é um animal feroz e aqui é o Rei da Festa, sendo interessante serem muitos chamados por nome próprio e/ou o número que os imortaliza muitas das vezes. As pessoas conhecem os touros das 12 ganadarias existentes na Ilha chegando por vezes a ter grande admiração por alguns!!
Ffsssssssssss........Puuuuuuummmmmmmmm....
Ffsssssssssssss.....Puuuummmmmmmm!!
Dois foguetes...sinal que o touro foi recolhido! Altura para passear um pouco no arraial e beber algo fresco e petiscar algo delicioso!! Quando se ouvir o próximo foguete é melhor voltar aos locais seguros...
Posted by Picasa

5 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Moura,
Conheço seu blog há bastante tempo, pois minha filha e meu marido visitam constantemente.
Fico maravilhada em ver como a paisagem, comidas e cultura de seu país são interessantes a tal ponto que os dois já me convenceram em visitar Portugal, possivelmente no próximo ano.
Saiba que Isadora ficou muito feliz em saber que vc. tem uma filha com idade próxima a dela.
Seus posts cativaram o povo deste lado do Atlântico.

Um abraço,

Fátima

Tozé Franco disse...

Caro Carlos deixe-me fazer-lhe uma pergunta:
Andar a correr à frente dos touros e, às vezes, ficar por baixo deles é só para arranjar apetite para os comes e bebes?

manuel neves disse...

Bem Vindo!

Continua em grande forma com os seus post's.
Espectacular! (perdoe-me, não me refiro à tourada) mas às fotos e aos textos, belissimos como sempre.

Queira receber um abraço

Moura disse...

Caro Tozé e César...as touradas à corda só se entendem na sua plenitude na Terceira! Ninguém faz mal ao Touro como aqui no "contenente" e acaba por ser algo que fomenta o convívio entre todos os que assistem. Quando lá forem...me dirão! E eu ainda não falei do "5º Touro"...
Um abraço

Moura disse...

Cara Fátima,
fico muito feliz de equacionarem a vossa vinda a Portugal! E estou certo que vamos passar uns belos dias neste pequeno "jardim à beira mar plantado".
Já respondi ao comentário que fez na Igreja de São Sebastião.
Um abraço,
Moura