26 de nov de 2006

Casa de Mateus


O clube de Arqueologia foi pela primeira vez na sua história a Vila Real o que em parte se justifica pela boa acessibilidade que esta região agora beneficia.
Tinhamos encontro marcado com a Casa de Mateus, pelo meio dia em ponto, um exemplar belíssimo da arquitectura civil barroca, construída no século XVIII, a mando de António José Álvares Botelho Mourão, 3º Morgado de Mateus.
O autor do projecto é o conhecido Nicolau Nasoni, autor da Torre dos Clérigos, no Porto, entre muitas outras obras. O edifício é composto por dois corpos salientes e simétricos e um outro central, formado por um pátio de abertura livre.
A beleza da construção acaba por ser a imagem de marca do vinho Mateus Rosé...
Posted by Picasa

6 comentários:

Badala disse...

Não gosto de vinho. Mas o local é lindo.
Boa semana de aulas.

Maria disse...

Mas o solar de Mateus é muito mais bonito do que o sabor do vinho - que eu acho ser muito bom para os estrangeiros. Pelo menos eles gostam!
Bela fotografia!
Boa semana

al cardoso disse...

E um solar lindo que conheco bem mas so de decumentarios ou de artigos e fotos como estas e de rotulos do vinho, aqui bem conhecido.
Sera uma das visitas futuras, se D*us permitir.

Lúc poems disse...

De facto cada vez que venho a este blog, começo a gostar um pouco mais de história... e a admirar certos aspectos que antes não me diriam muito. As curiosidades históricas e a beleza histórica começam a convidar-me para saber mais...
Um à parte: Meneater... uma música melódicamente escolhida. Bjs

Nuno disse...

O solar é realmente muito bonito! E o que lá se produz também não é mau. Muito embora eu não seja grande apreciador de bebidas alcoólicas, acho que um Mateus rosé é muito bom!

Sir Johny Favaios disse...

Um dos melhores vinhos Portugueses, este nosso vinho entre muitos prémios conquistou por exemplo a Medalha de bronze no “Mundial do Rose” realizado no ano passado em França.
A garrafa deste vinho é inspirada nos cantis dos soldados da 1ª Guerra Mundial e tem como admiradores personalidades tão distintas como Amália Rodrigues, o Papa Paulo VI, Calouste Gulbenkian, Rainha Isabel II, Amílcar Cabral, Agostinho Neto, Samora Machel, Jimmy Hendrix, Fidel Castro e até o próprio Saddam Hussein, que era um dos maiores apreciadores e importadores deste nosso vinho Português.
Eu também sou um grande apreciador deste fantástico vinho.