5 de ago de 2007

Arte Xávega



Na Praia do Pedrogão ainda se pode assistir a um tipo de pesca que se encontra em vias de extinção, na qual o barco sai do areal e arrasta consigo uma rede que depois é puxada para terra trazendo todo o peixe que encontra, mantendo-se graças a apoios comunitários.
Esta arte é muito apreciada pelos frequentadores da praia, pelos turistas, que no final de todo o processo podem comprar a preços simpáticos umas boas sacadas de peixe, inclusivamente aquele carapau e sardinha de pequenas dimensões que se tornam num verdadeiro manjar dos deuses depois de passarem por um óleo a ferver que os torna crocantes e deliciosos num prato com um arroz de tomate feito à maneira...
Posted by Picasa

5 comentários:

antonio disse...

Fotografias fantásticas! Só por isso valeu a pena aqui dar um vista de olhos...
Ai o Pedrógão - praia!
Asnunes

Tozé Franco disse...

Falta muito para as petingas, os jaqinzinhos e o arroz de tomate?
Um abraço.

Sei que existes disse...

Lembro-me de há uns anos atrás ver muito esse tipo de pesca! Actualmente, não tenho visto...
As fotos estão optimas!
Beijinhos

Anônimo disse...

As fotos estão fantásticas! Aliás, não se esperava outra coisa...
a sugestão do carapau/sardinha com arroz de tomate também me agrada.
È bom saber que ainda existe este tipo de pesca...ainda temos Portugal!

Beijos
Estrela

al cardoso disse...

Cuidado com os burocratas de Bruxelas se sabem que os amigos consomem os "jaquinzinhos" e as "petingas" ainda lhes movem algum processo!!!

Continuacao de boas ferias!

Um abraco do d'Algodres.